Nutricionista: aprenda a fazer um currículo perfeito para se destacar

Fazer um currículo atrativo é o primeiro passo a ser dado por quem está em busca de um novo emprego, seja um recém-formado ou alguém já inserido no mercado de trabalho. O objetivo do currículo é apresentar o profissional, sua formação e experiências.

Mas como tornar o currículo de um recém-formado interessante aos recrutadores? Ou ainda, como destacar o currículo de um nutricionista experiente dos demais? É preciso apenas colecionar o máximo de experiências ou existem outros caminhos?

Preparamos este artigo para responder todas estas perguntas e ensinar a você como montar a apresentação profissional perfeita. Confira!

Fazer um currículo para o primeiro emprego

A área de nutrição exige um currículo com características relevantes. Qualificações, formação acadêmica e experiências em estágio, são alguns dos itens que devem compor o documento. Veja o roteiro abaixo:

1. Dados pessoais

No topo do currículo informe seu nome completo, idade, estado civil, endereço, telefone e e-mail. É importante que estes dados estejam corretos e sempre atualizados.

2. Objetivo

Aqui é o local onde você irá inserir a sua área de interesse. Se ainda não tem uma área desejada ou não deseja se comprometer, basta preencher com “nutricionista”.

3. Síntese de Qualificações

É hora de resumir as suas vivências na área durante a graduação, mas sem especificar os locais de estágio.

Ou seja, aqui você colocará um descritivo das atividades realizadas, por exemplo: Atendimentos, cozinha industrial, controle de qualidade de produtos, acompanhamento de plano alimentar, elaboração e aplicação de ficha de anamnese e, até mesmo, trabalhos apresentados em congressos.

Sua experiência será vendida neste espaço. Aqui é a principal porta de entrada para quem não possui experiência profissional comprovada em carteira ou nunca atuou em um consultório próprio.

4. Formação Acadêmica

Além do nome da instituição de ensino, ano de ingresso e conclusão, é importante acrescentar o curso de especialização ou pós-graduação, caso já esteja estudando novamente. Esta informação deve conter a data de início e a previsão para o término do curso.

5. Experiência Profissional

Liste todos os estágios realizados, separados por período, e um resumo das atividades realizadas em cada um.

6. Formação Complementar

Insira todos os cursos extracurriculares realizados e separe-os pelo nome e instituição de ensino onde cada um foi realizado.

7. Conhecimentos em Informática

Os conhecimentos em informática abrangem o pacote Office (Excel, Word, PowerPoint, entre outros) e também conhecimentos em internet e redes sociais. Empresas e clínicas usam esse tipo de mídia para se promoverem e podem designar algumas tarefas de atualização para o novo contratado.

8. Conhecimentos em Língua Estrangeira

Insira o quanto você domina o idioma em questão e inclua vivências no exterior, caso possua.

Currículos para profissionais

Se você está formado há algum tempo, já atuou no mercado de trabalho, mas está em busca de uma nova oportunidade de trabalho em uma empresa ou clínica, também estará concorrendo com profissionais que têm em sua bagagem os mais diversos níveis de competência.

É preciso estar sempre em busca de novas qualificações e estar atento às tendências do mercado, não só para fazer um currículo atrativo, mas para se tornar um nutricionista de referência na área.

Tecnologia como aliada

O mundo da nutrição tem um leque de inovações para quem deseja estar com o currículo sempre atualizado.

Muitas pessoas que procuram por um nutricionista acabam desistindo do tratamento ao se depararem com métodos arcaicos, como plano alimentar pronto salvo no computador, só esperando o próximo paciente.

Atualmente, existem softwares no mercado, como o Dietbox, que funcionam como arquivos completos de pacientes, com acesso rápido e simplificado. Independentemente de atuar em uma clínica terceirada ou no próprio consultório, é uma ferramenta básica que todo nutricionista moderno e preocupado em estar sempre atualizado deve ter.

Seja você um recém-formado ou um profissional já atuante, é importante ser adepto ao uso de ferramentas modernas. É essencial também buscar cursos de atualização e reciclagem para fazer um currículo interessante e se tornar referência entre os nutricionistas da sua região.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe este post e ajude seus amigos a fazer um currículo de destaque. Até a próxima!

Deixe uma resposta