Como acompanhar o plano alimentar do seu paciente?

O tempo de consulta com os pacientes deve ser otimizado para pontuar determinados aspectos decisivos para o tratamento. Por isso, é conveniente que os nutricionistas sempre invistam em alternativas para saber como acompanhar o plano alimentar do seu paciente de perto e de forma contínua.

As estratégias podem ser diversas. Fique atento às dicas a seguir que podem impulsionar os resultados das dietas propostas.

Rotina

Imposições são as principais razões para justificar o abandono de tratamentos. O nutricionista deve registrar informações básicas sobre a rotina dos pacientes porque, assim, o plano alimentar sempre se atualizará de acordo com o dia a dia de cada um.

É mais fácil adaptar um cardápio à realidade do cotidiano do paciente do que ele alterar toda a sua rotina para se alimentar da forma imposta. Sempre se mantenha atualizado sobre os horários de saída e chegada, horários possíveis para refeições e disponibilidade de conservação de alimentos.

Motivação

É imprescindível que o plano alimentar seja motivacional, adequando-se ao gosto pessoal e contribuindo para que os pacientes se sintam confortáveis diante as opções de menu. Conheça os hábitos alimentares de cada um, registre em suas fichas pessoais e tente propor adaptações para aversões, hábitos e preferências.

Imposições são pouco atraentes, então permita que os pacientes auxiliem na construção do plano alimentar e planeje refeições de acordo com seus gostos e com os valores nutricionais necessários. Assim, eles se sentirão continuamente motivados não só a preparar o que agrada seu paladar, mas também a se alimentar bem.

Mensagens

A tecnologia pode, e muito, auxiliar o nutricionista a acompanhar o plano alimentar mais de perto. Se necessários, os ajustes podem ser feitos antes da próxima consulta. Dessa forma, é interessante disponibilizar um canal de comunicação por mensagens com seus pacientes.

Essa estratégia pode ser interessante não só para sanar dúvidas, mas também para aprimorar a confiança no profissional. Estar sempre disponível é a chave para que eles se sintam seguros e determinados a dar continuidade ao acompanhamento nutricional.

Aplicativos

Os aplicativos e rede sociais podem não só impulsionar a divulgação de seu trabalho, mas servem também para profissionais de nutrição saberem como acompanhar o plano alimentar e dia a dia de cada paciente.

Os registros em redes sociais e aplicativos possibilitam conhecer o estilo de vida e hábitos alimentares de cada um, podendo ser proveitosos para estratégias propostas nas fases seguintes do tratamento.

Calorias

É importante que o plano alimentar não seja ajustado apenas levando em consideração o número de calorias dos alimentos. O objetivo do nutricionista deve ser orientar que as medidas são importantes, mas a saúde está acima de tudo.

O plano alimentar deve contar com alimentos ricos em macronutrientes que impulsionem a saúde e bem-estar, independente dos objetivos a serem conquistados.

Avaliações físicas

A melhor forma de obter um feedback sobre o plano alimentar é realizando avaliações físicas periódicas. Os resultados devem ser registrados e comparados a cada encontro, permitindo que detalhes sejam ajustados e pontuados para futuras consultas.

Esse momento é importante principalmente para quem trabalha com nutrição esportiva.

Principal aliado

O nutricionista é o responsável pelos resultados esperados dos tratamentos, mas o plano alimentar é a principal intervenção na mudança de estilo de vida, já que é o compromisso diário a ser respeitado por todos os pacientes. Por isso, tente destacar e mensurar a relevância desse aliado que deve ser levado a sério.

Durante a consulta, é importante se sentir seguro para propor e adaptar cardápios que se adequem à realidade de cada paciente e os deixem mais perto de suas metas.

Saber como acompanhar o plano alimentar pode ser uma tarefa tão difícil quanto criá-lo. Por isso tente pôr em prática as dicas dadas e identifique com quais os pacientes se mostram mais receptivos.

Gostou de conhecer algumas dicas para aprimorar os planos alimentares? Siga nossa newsletter e receba nosso conteúdo que o ajudará a ter ainda mais sucesso!

Deixe uma resposta