Afinal, quanto ganha um nutricionista?

Durante a graduação, a principal preocupação é se capacitar ao máximo para ser um profissional de qualidade. Com o diploma na mão, os objetivos variam, e um dos fatores determinantes para escolher onde e em que área atuar é a remuneração.

Se você é um nutricionista recém-formado e deseja se sentir mais seguro perante as ofertas de mercado, fique atento às informações a seguir, que esclarecerão quanto ganha um nutricionista em diferentes campos de trabalho.

Primeiro emprego

Para profissionais iniciantes, as primeiras oportunidades podem não parecer tão atraentes, mas são fundamentais para consolidar o que foi aprendido durante os estágios. O início de carreira deve servir para construir experiência e segurança, deixando a preocupação de quanto ganha um nutricionista para cargos que assumirá em seguida, com maior responsabilidade.

Encontra-se oportunidades para iniciantes em nutrição clínica com salário inicial de R$ 1.800,00.

Flexibilidade e versatilidade

A nutrição se mostra não só uma opção empreendedora, mas também versátil. Após a formação, pode-se escolher um local de trabalho, porém as consultorias paralelas são determinantes para impulsionar a renda.

Os ambientes de trabalho são diversos. Havendo horários flexíveis, é possível conciliar dois ou mais projetos que lhe renderão salários superiores ao esperado. A dedicação em mais de um projeto pode fazer a renda chegar a até R$ 12.500,00, dependendo das áreas escolhidas, da experiência adquirida e até mesmo do valor de consultorias particulares.

Alimentação coletiva

Focando na qualidade de alimentação coletiva, empresas e escolas contratam nutricionistas que são responsáveis pela criação de cardápios equilibrados e nutritivos desses locais. No caso de empresas, o cardápio visa garantir que os empregados fiquem fortalecidos para o dia a dia, mantendo não só a boa performance em suas atividades, mas a qualidade de vida fora do local de trabalho.

Nas escolas, o papel dos nutricionistas pode ser determinante, já que os alunos estão em fase de desenvolvimento. A abordagem deve ser feita para diferentes faixas etárias, e sua política deve ser realizada em parceria com as diretrizes educacionais da instituição. A base salarial de quem trabalha com nutrição coletiva é de R$ 2.102,00.

Ambulatorial

A vivência em ambiente ambulatorial é interessante para se obter experiência, uma vez que permite ao nutricionista criar planos alimentares para apoiar os pacientes em objetivos específicos, como reduzir sintomas e apoiar no tratamento ou na prevenção de doenças.

A nutrição ambulatorial é uma excelente oportunidade para atuar com atenção descentralizada, o que pode ser desafiador para impulsionar a carreira e construir segurança para se posicionar diante de diferentes pacientes. A remuneração mínima dessa área é de R$ 2.390,00.

Ambiente acadêmico

As salas de aula também são locais de trabalho para profissionais de nutrição. É possível investir em especializações para dar aulas em graduações e extensões, impulsionando a formação de novos profissionais da área.

Como mestre, pode-se destacar em coordenações, cargos de chefia em instituições de ensino, inclusive apoiar projetos e pesquisas. O profissional que optar pelo ambiente acadêmico garantirá remuneração em torno de R$ 2.360,00.

Produção de alimentos

As empresas responsáveis pela produção de alimentos devem investir em um nutricionista capacitado para se responsabilizar pela avaliação e descrição nutricional da composição dos produtos. Tudo o que é produzido deve passar por um controle de qualidade, e é o profissional de nutrição quem deve aprovar ou não a distribuição. O salário-base pode ser de R$ 2.230,00.

Nutrição esportiva

A alimentação é o diferencial para o rendimento em atividades físicas. Por isso, um nutricionista também pode atuar em academias e polos esportivos. As consultorias e as avaliações servem para orientar desde atletas iniciantes até atletas avançados. Nessa área, o salário varia de R$ 1.495,00 a R$ 3.200,00.

Especializar-se sempre

Notamos que a remuneração varia bastante de acordo com os locais de atuação, que podem ser distintos. De acordo com as informações obtidas, percebe-se que se especializar e combinar estudo com experiência é sempre a chave para conquistar sucesso.

Agora que você já sabe quanto ganha um nutricionista, confira algumas vantagens de trabalhar como nutricionista autônomo e aumentar sua renda mensal!

Deixe uma resposta