Você sabia que a chia hidratada tem ainda mais benefícios?

A chia virou a queridinha de quem busca uma vida saudável e boa nutrição, e não é difícil entender o porquê.

 

VALOR NUTRICIONAL:

Tem um excelente valor nutricional, pois é rica em ômega 3, proteínas, carboidratos e gorduras, além de vitaminas, minerais e fibras tanto solúveis quanto insolúveis. E ainda possui agentes antioxidantes, propriedade anti-inflamatória e antiplaquetária.

– 1,5 vezes mais fibras que a aveia

– 2 vezes mais potássio que a banana

– 3 vezes mais ferro que o espinafre

– 6 vezes mais rica em cálcio que o leite

– 8 vezes mais ômega 3 que o salmão

– 15 vezes mais magnésio que o brócolis

 

E mais, pesquisas mostram que pode ajudar na prevenção de doenças como: câncer, Alzheimer, doenças cardiovasculares e diabetes do tipo 2.

 

CHIA E O DIABETES:

A chia atua na redução da glicemia, uma vez que reduz a absorção de açúcar no intestino. Por ser rica em fibras, que em contato com a água são hidratadas, dobram de volume e formam um “gel” e assim retardam o tempo do esvaziamento gástrico, consequentemente, também evita os picos de glicose após as refeições.

Além desta função, a chia auxilia na eliminação de radicais livres (substâncias tóxicas) devido ao seu poder antioxidante que também favorece a redução da glicose sanguínea.

 

BENEFÍCIOS DA CHIA PARA SAÚDE

– Saciedade e emagrecimento: em contato com o líquido a semente dilata e forma um “gel” que ao ser ingerido entra no estômago ocupando um espaço maior, ajudando a reduzir a fome e a perder peso.

– Melhora o funcionamento do intestino: por ser rica em fibras solúveis e insolúveis ajuda a regular o trânsito intestinal, evitando ou tratando a constipação.

– Saúde do coração: uma das suas mais importantes funções. A porção de chia atinge 400% da nossa necessidade diária de ômega-3. Essa gordura é responsável por prevenir doenças cardiovasculares, pois reduz a formação de coágulos sanguíneos, diminui os níveis de colesterol LDL, desfavorece arritmias e regula a pressão arterial, por aumentar a fluidez sanguínea.

– Fortalece o sistema neurológico: melhora a memória e a concentração, previne o Alzheimer e evita a depressão, devido a sua concentração de ômega 3.

– Boa para visão: rica em vitamina A que é muito importante para saúde dos olhos. A porção possui cerca de 20% da nossa necessidade diária dessa vitamina.

– Saúde dos ossos e dentes: é excelente fonte cálcio, um mineral importante na formação e composição dos dentes e da massa óssea, evita principalmente a osteoporose. Além de ser uma opção alternativa de fonte de cálcio para os intolerantes a lactose ou alérgicos a proteína do leite e como suplementação para gestantes. A sua porção tem cerca de 21% da nossa necessidade diária de cálcio.

– Auxilia na anemia ferropriva: rica em ferro, mineral essencial para nosso organismo. A porção tem 68% da nossa necessidade diária de ferro. Excelente opção para crianças e adultos que não gostam de vegetais

– Saúde do cérebro: rica em magnésio, mineral essencial para o bom funcionamento do nosso cérebro e das ligações cognitivas. Sua porção possui 28% da nossa necessidade diária de magnésio.

– Bom para músculos e câimbras: o potássio tem grande participação na ação muscular, sendo essencial para quem pratica exercício físico diariamente, além de controlar a pressão arterial. Sua deficiência pode causar fadiga e fraqueza. A porção tem cerca de 6% da nossa necessidade diária de potássio.

– Melhor funcionamento do organismo: rica em vitaminas do complexo B que são fundamentais para o sistema nervoso, além de auxiliarem no metabolismo celular, fazem que o nosso corpo funcione melhor. Sua porção tem 13% da necessidade diária de niacina e cerca de 5% de riboflavina.

– É antioxidante: protege nossas células contra os radicais livres, combatendo o envelhecimento precoce e prevenindo contra várias doenças, inclusive o câncer e o Alzheimer.

– Boa nutrição: rica em manganês, mineral essencial para melhorar a absorção dos nutrientes, pois favorece a síntese e ação de enzimas que desempenham papel importante no metabolismo de carboidratos, proteínas e colesterol. Possui ação antioxidante e é excelente para cicatrização. Também favorece o crescimento ósseo e do tecido conjuntivo. A sua porção tem cerca de 63% da necessidade diária de manganês.

– Fortalece o sistema imune: rica em zinco, esse mineral melhora a imunidade, o olfato e a visão. A porção contém cerca de 12% da nossa necessidade diária de zinco. É também rica também em cobre outro potencializador da imunidade.

– Beleza da pele: rica em zinco e cobre esses minerais ajudam na formação de elastina e colágeno, evitando a flacidez. A porção possui cerca de 30% da necessidade diária de cobre.

– Outras funções: o cobre favorece a absorção do ferro e é catalisador na formação da hemoglobina, atuando contra a anemia. O zinco promove a liberação do hormônio do crescimento.

 

RECOMENDAÇÃO DIÁRIA: 1 porção = 2 colheres de sopa ao dia – 25g

 

ONDE CONSUMIR?

Por ter um sabor neutro a chia é bem versátil, combinando com preparações doces ou salgadas. Pode ser adicionada em iogurtes, vitaminas, sucos, salada ou porções de frutas, nas massas de pães, bolos, biscoitos e tortas, sopas, ovos mexidos ou omelete e salada de verduras.

 

DICA DE CONSUMO:

– Não triture e nem mastigue a semente;

– Hidrate a chia antes de consumi-la, isso faz com que os nutrientes possam ser melhor aproveitados pelo nosso corpo, além de favorecer a saciedade e o funcionamento do intestino.

– O preparo é bem fácil e pode ser feito na hora do consumo: Para a porção de 2 colheres de sopa de semente adicione cerca de 50ml (¼ xícara) de água morna e mexa até formar o gel.

 

Camila Cialdini Faria

Nutricionista Clínica e Educadora em Diabetes – CRN9:18528

Deixe uma resposta