Balança de biompedância: quanto custa e porque investir

Começar uma dieta não é uma tarefa muito fácil, como todo mundo sabe. E nem todos são fãs de um regime rigoroso ou de abrir mão do chocolate, não é mesmo? Mas, você sabia que fazer o acompanhamento do paciente e analisar seu progresso na alimentação também não é muito simples? Isso ocorre por causa da ausência de precisão das técnicas tradicionais usadas no ramo, como a utilização de uma balança comum, por exemplo. Entretanto, métodos mais eficientes podem ser encontrados atualmente no mercado, e estão mais acessíveis. A balança de bioimpedância é um deles. Vamos conferir mais informações sobre o assunto?

O que é balança de bioimpedância?

A balança de bioimpedância é um aparelho que realiza a avaliação da densidade corporal da pessoa através de uma corrente elétrica de alta frequência e de baixa amplitude. Dessa maneira, mais do que somente calcular o peso do paciente, o dispositivo informa a porcentagem de gordura, de músculo, de osso e de hidratação. Por esta razão, a metodologia se torna eficiente e precisa para ajudar os nutricionistas no tratamento de seus pacientes de uma forma mais personalizada.

A balança é fundamental para o consultório de um nutricionista, já que tem a capacidade de fazer um detalhamento além do esperado. É possível fazer várias provas em consultórios e academias. O exame emite uma representação exata das medidas do corpo, para que dessa forma seja feita uma avaliação conforme as medidas reais.

Quanto custa uma balança de bioimpedância?

O valor de uma balança de bioimpedância varia muito de um mercado para outro. O cliente pode encontrar aparelhos a partir de R$ 100, por exemplo. Por isso é fundamental pesquisar preços e marcas para que você possa ter a oportunidade de adquirir a ferramenta ideal para seu negócio e que não pese no seu bolso.

Por que investir em uma balança de bioimpedância?

Fazer uma dieta não é nada fácil. Algumas pessoas até ficam animadas em iniciar um regime, mas, é muito comum que grande parte delas desista logo nos primeiros dias ou semanas por não terem suas expectativas correspondidas. E este é o maior erro, que só acontece por ausência de informação dos pacientes, que se equivocam na hora de avaliar sua evolução no processo.

E no caso das balanças tradicionais, sua principal característica que a torna incorreta para esta finalidade é a questão de ela medir apenas o peso absoluto da pessoa. Por isso que muito mais importante do que ter conhecimento do peso total é saber a porcentagem de gordura, de água no corpo, de massa magra, além da taxa metabólica que essa composição representa. Depois de ter todos estes parâmetros no papel é que fica mais simples ter uma ideia da condição do paciente e dessa forma definir um regime mais adequado a ele e às suas informações e necessidades do dia a dia.
A balança de bioimpedância é essencial para o acompanhamento do paciente durante sua dieta. Isso o ajuda a conquistar resultados mais precisos. Por isso sua importância nos consultórios de nutricionistas, que podem personalizar a consulta de acordo com as demandas de seus pacientes.

E aí, ainda tem alguma dúvida sobre o assunto? Comente conosco!

Nenhum pensamento

Deixe uma resposta para Igor Fernando de Aquino Moreira Cancelar resposta