Como fazer seu marketing pessoal em nutrição

Muito provavelmente você já ficou muito bem impressionado pela presença de alguém, aquela pessoa que tem uma postura marcante, demonstra segurança sem arrogância, uma simpatia natural que passa tranquilidade e confiança. E, muito provavelmente também, já aconteceu extremamente o oposto.

Mais do que uma questão de aparência, o marketing pessoal é a forma como você se revela para o mercado, uma ferramenta extremamente importante para qualquer profissional, mas fundamental para quem lida diretamente com o público. Na área da nutrição não é diferente, mesmo quem lida com a saúde deve elaborar um conjunto de estratégias que agregue valor positivo à sua imagem. Veja agora algumas dicas de como fazer seu marketing pessoal em nutrição tanto no ambiente offline quanto online e como fazer diferença na área.

Marketing pessoal em nutrição é um conjunto de atitudes

Antes de mais nada é preciso compreender que o marketing pessoal em nutrição não é uma atitude isolada, mas sim um conjunto de ações que visam trabalhar a seu favor, agregando valor à sua carreira. A ideia, aqui, é dar mais visibilidade às suas qualidades e qualificações, às suas competências pessoais e profissionais mais relevantes. É a forma como o mercado o verá, sua capacidade de se auto-motivar e de motivar os outros, sempre dentro da ética e da honestidade. O marketing pessoal não tem nada a ver com política nem divulgação, mas sim com a sua experiência profissional e sua capacidade de gerir conflitos.

Tenha confiança em suas habilidades

Se você não tiver confiança em suas habilidades será mais difícil convencer os outros de que você é competente. Marketing pessoal em nutrição não é exibicionismo, mas demonstrar a segurança de quem tem sólidos embasamentos científicos para as atitudes tomadas. Não se trata de se julgar o melhor no que faz, mas de procurar ser o melhor, estando sempre atualizado e bem informado. Dessa forma você mostra o seu profissionalismo passando credibilidade para seus clientes.

Abra novos canais de comunicação

As mídias sociais são ótimos canais de comunicação para você fazer o seu marketing pessoal em nutrição. Compartilhe conteúdo relevante sobre assuntos da atualidade, mostre-se informado tanto para clientes e possíveis clientes (Facebook e Instagram) como para outros colegas de profissão (no LinkedIn, por exemplo). Dê sua opinião sobre assuntos, mas lembre-se sempre de seguir o código de ética.

Seja um especialista

Escolha uma área da nutrição que mais tem a ver com você, procure se tornar um expert, estudando-a profundamente – e mostre que você realmente a domina. Mas, note bem, não é contar vantagem, mas sim mostrar sua expertise para o público certo, no momento certo. Para isso, frequente reuniões da classe, eventos e congressos, aumentando a sua networking. Procure o crescimento profissional, mas sem prejudicar ninguém.

Trabalhe a sua inteligência emocional

Saiba gerenciar suas emoções sem deixar levar-se por elas mesmo em meio a um conflito de interesses, seja com clientes ou entre colegas de profissão. Analise suas reações, procure identificar seus próprios pontos fracos e trabalhá-los de forma a saber lidar consigo mesmo e com imprevistos que apareçam pelo caminho. O autoconhecimento é essencial.

Ofereça um serviço de qualidade

Seu maior bem é a qualidade do atendimento que você presta como nutricionista. Seu consultório pode ser simples mas deve estar impecável, sua equipe deve estar muito bem treinada e ser qualificada. Procure sair do óbvio e oferecer algum serviço exclusivo, como uma assessoria à distância através de aplicativos para nutrição, produção de cardápios especiais, esclarecimento de rótulos por fotografias no app. Crie diferenciais de atendimento.

Dê atenção à sua imagem pessoal

O marketing pessoal em nutrição também passa pela sua própria imagem. Além da higiene impecável, esteja sempre com roupas bem passadas, cabelos alinhados e barba bem feita ou aparada. Lembre-se de que você é um profissional que lida com alimentação e saúde e deve passar uma imagem leve e limpa a seus clientes.

Estude o mercado de nutrição

Não haja isolado, conheça bem o mercado e o que os outros profissionais da área estão fazendo, do tipo de atendimento ao valor dos serviços. Pesquise a quantidade de nutricionistas da sua região, quais os que mais têm destaque e porquê, quais as suas especializações, se trabalham com plano de saúde, se cobram pelo retorno etc. Assim você pode montar seu planejamento de marketing pessoal mais direcionado, sabendo onde está pisando.

Procure encantar seus pacientes

A melhor propaganda é e sempre será a de um paciente fidelizado, por isso saiba encantá-los criando um relacionamento de parceria. Deixe-os saber que estará junto com ele durante todo o processo de reeducação alimentar, crie canais para esclarecer dúvidas mesmo à distância, troque informações, fale com ele por chat em períodos entre as consultas, faço-sentir-se importante.

Com essas dicas você estará trabalhando seu marketing pessoal em nutrição no rumo certo para o sucesso na carreira.

Quer fidelizar clientes com mais facilidade? Use o software para nutricionistas mais completo do mercado. Conheça o Dietbox e descubra como otimizar suas consultas.

Deixe uma resposta