5 itens indispensáveis em um software de nutrição para responder às necessidades do Nutricionista

A chegada da tecnologia mudou completamente a rotina de trabalho de muitos profissionais da saúde – inclusive do nutricionista. Muitos softwares de nutrição facilitam a atuação desse profissional em vários cenários, seja em clínicas, hospitais ou consultórios, ajudando a armazenar melhor os dados, a acompanhar os resultados e, até mesmo, auxiliando na criação dos planos alimentares.

Escolher um bom software entre os muitos disponíveis pode ser um desafio para quem ainda está começando a se aventurar no uso dessa tecnologia. Por isso, vamos ajudar você a encontrar o modelo ideal para a sua rotina de trabalho. Listamos 5 itens indispensáveis em um software de nutrição para atender as principais necessidades do nutricionista. Vejamos o primeiro item:

1. Facilidade para registrar dados antropométricos e acompanhar a sua evolução

Um bom software de nutrição promove uma grande facilidade de registro de dados antropométricos para o profissional, tornando esse processo da avaliação do paciente uma etapa mais eficiente. Dessa maneira, além de não passar muito tempo registrando e calculando esses dados, é possível também, em uma próxima consulta, acompanhar a evolução dessas informações para cada paciente – o que ajuda o profissional a avaliar se o tratamento está sendo eficiente ou não.

2. Grande banco de informações sobre alimentos e marcas

Um dos grandes desafios dos nutricionistas, quando o assunto é realizar o recordatório alimentar de seus pacientes, é encontrar informações fiéis de produtos e marcas de alimentos que ele tem o hábito de consumir. Um bom software não somente permite a você encontrar uma grande lista de produtos, como também adicionar informações e cadastrar novos alimentos nessa lista que pode ser consultada.

3. Possibilidade de registrar e avaliar resultados de exames bioquímicos

Conforme previsto em lei, os nutricionistas têm a possibilidade de trabalhar com exames complementares à avaliação nutricional e antropométrica de seus pacientes, como os exames de sangue. Softwares de qualidade mantêm o histórico de exames do paciente e ajudam o profissional a avaliar seus resultados. Dessa maneira, o desenvolvimento de um plano dietoterápico mais fidedigno aos resultados observados é garantido.

4. Desenvolvimento de gráficos e relatórios de acompanhamento

Poder avaliar os resultados mensais e anuais de seus pacientes de uma maneira mais visual é uma excelente alternativa para acompanhar melhor a eficiência dos tratamentos propostos por você, além de facilitar a compreensão do paciente sobre o que evoluiu e regrediu desde quando ele começou a se consultar. Um bom software de nutrição pode desenvolver gráficos e relatórios de acompanhamento completos (de medidas antropométricas, exames bioquímicos e ingestão de nutrientes), que facilitam essa visualização para o profissional e o paciente.

5. Facilidade para gestão de agenda

Você sabia que alguns softwares de nutrição permitem até mesmo que você gerencie sua agenda de trabalho em suas plataformas? Dessa maneira, você pode dispensar as antigas agendas de papel, tornando seu trabalho não apenas eficiente, mas também sustentável.

Na hora de escolher um software de nutrição para o seu trabalho, não deixe de avaliar se os itens citados acima fazem parte das vantagens desse sistema. Sentiu falta de algo que poderia facilitar ainda mais o seu trabalho? Conte para a gente! Compartilhe sua opinião!

Deixe uma resposta