5 itens indispensáveis em um software de nutrição para responder às necessidades do Nutricionista

A chegada da tecnologia mudou completamente a rotina de trabalho de muitos profissionais da saúde — inclusive do nutricionista. Muitos softwares de nutrição facilitam a atuação deste profissional em vários cenários — seja em clínicas, hospitais ou consultórios —, ajudando a armazenar melhor os dados, a acompanhar os resultados e, até mesmo, na criação dos planos alimentares.

Escolher um bom software entre os muitos disponíveis pode ser um desafio para quem ainda está começando a se aventurar no uso dessa tecnologia. Por isso, ajudaremos você a encontrar o modelo ideal para a sua rotina de trabalho. Listamos 5 itens indispensáveis em um software de nutrição para atender às principais necessidades do nutricionista.

1. Facilidade para registrar dados antropométricos e acompanhar a sua evolução

Um bom software de nutrição promove uma grande facilidade de registro de dados antropométricos para o profissional, tornando esse processo da avaliação do paciente uma etapa mais eficiente. Dessa maneira, além de não passar muito tempo registrando e calculando esses dados, é possível, também, em uma próxima consulta, acompanhar a evolução dessas informações para cada paciente — o que ajuda o profissional a avaliar se o tratamento está sendo eficiente ou não.

É justamente esse histórico que otimiza (e muito) o trabalho do profissional, permitindo maior rapidez e assertividade quanto aos possíveis ajustes no plano do paciente — tudo isso, é claro, em busca dos melhores resultados. Além disso, é possível que o nutricionista entregue ao cliente uma cópia desse histórico, garantindo, assim, uma importante ferramenta de motivação

2. Grande banco de informações sobre alimentos e marcas

Um dos grandes desafios dos nutricionistas, quando o assunto é realizar o recordatório alimentar de seus pacientes, é encontrar informações fiéis de produtos e marcas de alimentos que eles têm o hábito de consumir. Um bom software não somente permite a você encontrar uma grande lista de produtos, como adicionar informações e cadastrar novos alimentos nesta lista que pode ser consultada.

É também possível que o profissional cadastre as suas próprias receitas na plataforma de nutrição, disponibilizando-as aos pacientes que têm o hábito de usar as sugestões do nutricionista em seus cardápios.

3. Possibilidade de registrar e avaliar resultados de exames bioquímicos

Conforme previsto em lei, os nutricionistas têm a possibilidade de trabalhar com exames complementares à avaliação nutricional e antropométrica de seus pacientes, como os exames de sangue. Softwares de qualidade mantêm o histórico de exames do paciente e ajudam o profissional a avaliar seus resultados. Dessa maneira, o desenvolvimento de um plano dietoterápico mais fidedigno aos resultados observados é garantido.

4. Desenvolvimento de gráficos e relatórios de acompanhamento

Poder avaliar os resultados mensais e anuais de seus pacientes de uma maneira mais visual é uma excelente alternativa para acompanhar melhor a eficiência dos tratamentos propostos por você, além de facilitar a compreensão do paciente sobre o que evoluiu e regrediu desde quando ele começou a se consultar.

Um bom software de nutrição pode desenvolver gráficos e relatórios de acompanhamento completos (de medidas antropométricas, exames bioquímicos e ingestão de nutrientes), que facilitam essa visualização para o profissional e o paciente.

O cálculo de planos alimentares também é feito de forma rápida e assertiva, uma vez que todos os dados relevantes para tal estão centralizados no mesmo lugar. Além disso, é possível criar e modificar cardápios e listas de substituição de modo fácil e rápido, otimizando tempo — e permitindo que ele seja empregado em outras tarefas relevantes.

5. Presteza para gestão de agenda

Você sabia que alguns softwares de nutrição permitem até mesmo que você gerencie sua agenda de trabalho em suas plataformas? Dessa maneira, você pode dispensar as antigas agendas de papel, tornando seu trabalho não apenas eficiente, mas sustentável.

A gestão de agenda proporcionada pelo software de nutrição permite que o profissional obtenha notificações sobre o horário de consultas, faça o controle de seus agendamentos de qualquer lugar e a qualquer hora via smartphone e demais facilidades, unificando todas as informações relevantes em uma única interface.

6. Integração com outros aplicativos

A integração com outros aplicativos é uma funcionalidade essencial para atender às necessidades do nutricionista. Isso porque ela é capaz de auxiliar o profissional em todo o processo de acompanhamento do cliente.

Acessando o aplicativo, o paciente tem em mãos as informações necessárias para seguir corretamente o plano, como composições nutricionais, sugestões de atividades físicas, substituições de alimentos, consumo calórico diário, entre outras. Com isso, ele acaba motivando-se mais e dando sempre o seu melhor. ​O nutricionista, por sua vez, acompanha todo o progresso em tempo real, podendo, até mesmo, inserir alterações caso necessário.

7. Auxílio em todas as etapas do atendimento

Como você já sabe, o atendimento ao paciente não termina com o fim da consulta. É preciso trabalhar e manter o processo de acompanhamento, engajando o cliente ao tratamento e fazendo com que ele volte ao seu consultório.

Com um bom software de nutrição, capaz de responder às necessidades do nutricionista, é possível passar orientações que sejam interessantes ao paciente mesmo depois da consulta, abrindo, assim, um canal de diálogo. Conseguindo passar orientações mesmo a distância, o profissional consegue manter o engajamento e estabelecer uma relação de confiança com o cliente.

8. Segurança no armazenamento de dados

O armazenamento seguro de dados é um ponto importante no trabalho de um nutricionista, uma vez que, para exercer suas funções, ele precisa manter o registro completo de cada paciente. Um bom software de nutrição salva todas essas informações em arquivos digitais com segurança, eliminando, também, a necessidade de fichas e papéis que ocupam espaço físico.

Por se tratar de uma ferramenta tecnológica, é fundamental optar por um programa que garanta a proteção contra perda e vazamento de registros. Afinal, você e seus pacientes precisam ter a certeza de que esses dados não serão soltos e cairão em outras mãos. O software deve permitir que sejam feitas cópias e backups, para a preservação da informação mesmo em caso de falhas no computador.

Na hora de escolher um software de nutrição para o seu trabalho, não deixe de avaliar se os itens citados acima fazem parte das vantagens desse sistema.

Se você gostou do post  e quer receber mais conteúdos como este diretamente em seu e-mail, assine a nossa newsletter!

Deixe uma resposta