Se formou e está parado? 6 dicas para entrar no mercado de Nutrição

Se você faz parte de um grande grupo de pessoas que acabaram a graduação e estão paradas, sem emprego, calma, essa situação com certeza é passageira. Mas só depende de você ter atitudes proativas para que ela se modifique e você comece a fazer seu nome no mercado da Nutrição. A área é muito grande e oferece diversas possibilidades, que se multiplicam a cada ano com os avanços da tecnologia, com a interação com os esportes, a prestação de consultorias, o marketing, a gastronomia e até a área de pesquisa de alimentos, além da Nutrição Clínica, é claro. O importante é você prestar atenção em algumas dicas e colocá-las em prática, dando início a uma carreira de sucesso.

1. Defina seus objetivos profissionais

O primeiro passo deve ser se encontrar na profissão e definir qual o caminho que você quer seguir, ou seja, em que área pretende se especializar. Se ainda está em dúvida, faça uma lista de todas as áreas de atuação do nutricionista e procure saber mais sobre elas. Pesquise, leia, converse com profissionais atuantes em cada uma e descubra com qual você tem mais afinidade. Visite os ambientes de trabalho e procure fazer contato com quem vivencia o dia a dia da profissão, conhecendo de perto a rotina de cada uma.

2. Saiba como captar clientes

Você já tem um consultório, mas ele está estagnado, praticamente sem clientes? Então é a hora de você apostar no marketing de conteúdo, aquele que faz você ser conhecido para o grande público e abre as portas para a clientela. Para isso é essencial aumentar a sua presença online: use as redes sociais para fazer a sua divulgação, crie página no Facebook, um perfil no Instagram, e produza conteúdos relevantes e originais e que sejam sempre atualizados. Interaja com seus seguidores, provoque compartilhamentos produzindo posts interessantes, responda perguntas, tire dúvidas. Faça um blog e escreva sobre as áreas mais populares da Nutrição e as novidades do setor.

3. Converse com quem já tem experiência na área

A teoria é importante, mas a prática é essencial – por isso é muito importante que você converse com quem atua há anos na Nutrição para não apenas conhecer a rotina, mas pedir dicas. Não tenha vergonha de perguntar; um bom profissional está sempre procurando saber mais e se reciclando. Mostrar um interesse real pela sua profissão pode abrir mais caminhos do que você imagina.

4. Esteja onde as outras pessoas estão

Ter contato com outros profissionais é importante para conseguir uma colocação, seja um estágio ou um emprego, mas para isso é preciso ver e ser visto. Esteja onde as outras pessoas estão: eventos, congressos, fóruns de discussão, mesas redondas e tudo o mais que o ajudar a criar e aumentar o seu networking. Através dele várias oportunidades com certeza aparecerão.

5. Mantenha-se por dentro das tecnologias desenvolvidas especialmente para Nutrição

Hoje o nutricionista que não está aberto ao uso da tecnologia perde feio sua colocação no mercado. Os aplicativos desenvolvidos especialmente para a profissão não apenas facilitam seu dia a dia como também o aproximam do cliente, ajudando a formar uma relação de confiança que é essencial para a fidelização e captação de novos pacientes. Extremamente intuitivos e fáceis de mexer, os apps são hoje uma das formas mais inteligentes de gerir sua rotina de trabalho e participar ativamente da dieta ou reeducação alimentar do seu paciente, facilitando ações assertivas que dinamizam os resultados.

6. Faça parcerias e aumente o seu alcance

Fazer parcerias é uma das formas mais eficientes de aumentar seu alcance profissional. Opções não faltam: faça parcerias com clubes, academias, institutos de beleza, restaurantes e bares, personal trainers, escolas etc. Ambas as partes sairão ganhando e você estará começando a fortalecer seu nome no mercado.

Lembre-se, no entanto, que a dedicação é a forma mais rápida e certa de obter sucesso. Seguindo essas dicas você estará se cercando de atitudes proativas que se refletirão na sua captação de clientes.

Espero que essas dicas tenham ajudado! Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Deixe uma resposta