Como começar sua clínica de nutrição – parte 2

Como vimos no post anterior, abrir um negócio pode ser uma boa opção para aqueles profissionais que desejam empreender na área da nutrição. No Brasil, este tipo de empreendimento faz parte do mercado de saúde suplementar e atende consumidores individuais e empresas.  No entanto, para ter sucesso é muito importante contar com um plano de negócios e de marketing bem elaborados. Veja aqui alguns passos para planejar a administração da sua nova clínica e ter sucesso no seu empreendimento:

1) Planeje o orçamento

Basicamente, os custos da clínica de nutrição se traduzem nos gastos mensais, que devem ser incorporados ao valor dos produtos ou serviços prestados. As despesas irão depender do tamanho da clínica, de sua localização, dos serviços que presta e das estratégias adotadas pela empresa. É preciso levar em conta alguns custos que terão que constar, obrigatoriamente, na planilha: salários, despesas com transporte, tributos, contabilidade e marketing, matéria prima e insumos, manutenção de instalações, aluguel, condomínio e contas fixas como água, luz, internet e telefone.

O papel do empreendedor é cuidar bem da administração e conseguir reduzir ao máximo todos os custos envolvidos no negócio. Isso é importante para o sucesso da clínica. Esteja sempre atento à redução de desperdícios, à pesquisa pelos melhores preços e ao controle dos gastos internos.

2) Use o marketing a seu favor

Para um bom plano de marketing é necessário conhecer o mercado. Pesquise em fontes confiáveis como as prefeituras e outros órgãos do governo para quantificar o mercado. Outra dica é visitar os concorrentes para identificar seus pontos fortes e no que deixam a desejar. Com tudo anotado, é hora de começar a sua estratégia de divulgação.

Em tempos de internet a presença na web torna-se indispensável: crie uma identidade visual, invista em um site ou blog e esteja presente em algumas redes sociais. A própria clínica também será uma fonte de divulgação. Então, é necessário caprichar no design da fachada e na colocação da logomarca.

O famoso boca a boca funciona muito bem e fortalece as marcas. Portanto, esteja atento à qualidade dos serviços prestados na clínica. A boa impressão deve ser reforçada a todo o momento na cabeça do consumidor: mantenha tudo limpo e atenda com qualidade.

O networking também poderá ajudar na divulgação da sua clínica: estreite sua relação com outros profissionais da área da saúde. Participe de eventos como palestras e cursos, feche convênios com planos de saúde e associações diversas.

A apresentação pessoal e uso de cartões de visita ajudam a promover o negócio. Aumentar a rede de contatos, estreitar a relação com outros profissionais de saúde, ministrar palestras e cursos, e fechar convênios com planos de saúde e associações também irá colaborar com a divulgação da clínica.

A divulgação deve ter caráter permanente, sempre usando a criatividade e tendo como base a qualidade do material produzido. Anúncios em revistas, jornais, emissoras de rádios e produção de folders são algumas outras opções para divulgação dos serviços.

3) Organize a rotina da clínica

Ter e seguir uma organização na rotina da clínica de nutrição auxilia bastante no cotidiano da empresa. E, uma vez organizado e mantido, o trabalho fica mais fácil.

Algumas rotinas podem, inclusive, ser automatizadas com softwares como o Dietbox. Dessa forma terá dinamização maior em áreas como atendimento e nas gerências administrativa e financeira do negócio.

Sem um programa de gestão todo o administrativo fica mais trabalhoso, pois o empreendedor deverá fazer com que os controles sejam executados em planilhas eletrônicas construídas de acordo com as suas necessidades e exigências do negócio.

Quer saber mais sobre o Dietbox? Acesse dietbox.me e saiba mais!

Deixe uma resposta