Estágios na área de Nutrição

A possibilidade de vivenciar e praticar os conhecimentos adquiridos dentro de sala de aula é fundamental para qualquer estudante de curso superior. Para o estudante de Nutrição, a teoria é muito importante, mas percebe-se facilmente que o dia a dia pode trazer algumas situações nas quais a teoria não se aplica perfeitamente.

É levando em consideração esse contexto que os alunos devem ser estimulados a buscar possibilidades de estágio desde o início da graduação. Se você é um deles, muitas dúvidas podem surgir, desde saber quais são as áreas disponíveis para atuação dentro e fora da faculdade, bem como aonde buscá-las, com quem conversar, e assim por diante.

Normalmente, nos primeiros dias de aula, a coordenação do curso se responsabiliza por organizar reuniões, workshops e feiras para que os alunos saibam as possibilidades já existentes, quem são os docentes responsáveis por cada área e abrem espaço para tirar dúvidas. Praticamente todos os cursos de nutrição no Brasil exigem a etapa do estágio curricular para adquirir o diploma, ou seja, eles são obrigatórios.

Aqui, nós separamos as áreas com maiores possibilidades de estágios em geral, para que você fique um pouco mais por dentro de cada uma!

Nutrição Clínica

No estágio de Nutrição Clínica, o aluno vai conhecer as atribuições e atividades desenvolvidas pelos nutricionistas em hospitais públicos e particulares, clínicas particulares e instituições de ensino. A demanda por nutricionistas nessa área costuma ser constante, portanto, o estágio pode ser o início para futuras contratações.

Nos hospitais, os principais objetivos são aprender a avaliar o paciente internado, a adequar as dietas para atender às necessidades dos pacientes, a interpretar exames bioquímicos e participar das discussões de casos junto com os outros profissionais, como médicos e enfermeiros. O estagiário também aprende sobre o funcionamento da Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) do hospital, como solicitar a dieta e fazê-la chegar até o paciente. Todas as etapas são feitas sob supervisão do nutricionista responsável pela unidade. Em clínicas, o aprendizado é semelhante, exceto por, normalmente, elas não possuírem a UAN no local.

Unidades de Alimentação e Nutrição (UANs)

A alimentação de coletividade é um mercado que está sempre crescendo, ou seja, passa a ser uma área com grandes possibilidades de emprego. O estudante que aplica para um estágio nessa área tende a acompanhar as atividades do nutricionista da unidade, aprende a calcular refeições, fazer os pedidos, receber as mercadorias e, principalmente, como gerenciar uma equipe.

Durante as aulas de Administração dos Serviços de Alimentação, o aluno aprende os princípios básicos de administração para gerenciar uma UAN, como contratar funcionários e fazer negociações de preços. O estágio proporciona essa prática e prepara o estudante para o futuro.

Saúde Pública

O cenário atual de atenção à saúde exige profissionais capacitados em Saúde Pública, uma área na qual costuma-se trabalhar em equipes multidisciplinares, que incluem nutricionistas, médicos, enfermeiros, assistentes sociais, e outros profissionais.

Os desafios e atuações em Saúde Pública são diversos, iniciando-se desde a área de educação e coordenação alimentar (creches, asilos, escolas, empresas, Unidades Básicas de Saúde) até o campo de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), muito difundido atualmente por gerar discussões e definir estratégias para que todos tenham acesso ao alimento de qualidade e em quantidades suficientes sem comprometer o meio ambiente, valorizando o desenvolvimento sustentável.

Empresa Jr.

Uma das possibilidades de estágio durante o curso de Nutrição é em Empresas Jr., formadas por alunos do ensino superior, com supervisão do corpo docente. É uma empresa sem fins econômicos, com proposta educacional, em sua maioria.

Os objetivos são prestar serviços de qualidade, geralmente cobrando valores abaixo da média do mercado, e proporcionar experiência sobre o funcionamento de uma empresa e o papel do nutricionista dentro de diversas áreas, como Marketing, Recursos Humanos, Gerência, Operacional, e assim por diante. Se você se interessa pelo mundo corporativo, procure a Empresa Jr do seu curso e veja quais são as propostas e missão da equipe, o papel de cada um e se candidate a uma vaga!

Pesquisa e área acadêmica

Discutimos em nosso blog sobre as possibilidades da carreira acadêmica na área de nutrição. Durante a graduação, esse caminho pode ser iniciado através da Iniciação Científica em um departamento de seu interesse (Fisiologia, Farmacologia, Bromatologia, etc.). É uma das áreas que mais possibilitam remuneração, pois a pesquisa pode ser financiada por Instituições que a apoiem. De início, defina qual área dentro da nutrição mais lhe atrai e procure o professor responsável por essa disciplina ou departamento.

O trabalho consiste em auxiliar mestrandos e doutorandos em suas pesquisas e desenvolver sua própria pesquisa, normalmente menos complexas que Mestrado ou Doutorado. Dependendo da sua experiência, alguns professores oferecem a oportunidade de dar algumas aulas sobre assuntos com os quais você domina, ou seja, é excelente para quem gosta da área.

Você faz estágio em alguma dessas áreas? Conte para a gente a sua experiência!

Deixe uma resposta