A relação da nutrição com os fitoterápicos

Quem procura cuidar da própria saúde sabe o quanto é importante se manter cada vez mais distante dos medicamentos indispensáveis, dos químicos que intoxicam nosso organismo e dos compostos não naturais que podem aparecer na nossa alimentação e no nosso dia a dia. Da mesma maneira que nos mantemos distantes desses produtos, estamos nos aproximando mais e mais de uma vida e rotina natural, como muitos especialistas acreditam que deve ser.

A natureza é que oferece a cura e os tratamentos para qualquer tipo de situação enfrentada pelo nosso organismo e, por esse motivo, cientistas têm desenvolvido duas área de atuação que trabalham exatamente com os benefícios que o meio ambiente oferece para a nossa saúde: a nutrição e a fitoterapia. Você sabe exatamente o que são essas ciências e como elas se relacionam entre si? Confira nosso artigo sobre o assunto!

Fitoterapia, o que é?

A fitoterapia é uma ciência curativa de origem chinesa, reconhecida por muitos médicos e especialistas da área, que trabalha com o uso de plantas e ingredientes medicinais, que tem origem somente na natureza e no meio ambiente. A fitoterapia, apesar de ser a principal responsável pelo desenvolvimento dos medicamentos fitoterápicos, é uma ciência diferente dessa utilizada por médicos em vários tratamentos. Os medicamentos fitoterápicos são elaborados a partir de extratos e concentrados de plantas, vegetais e frutas, enquanto a fitoterapia, por sua vez, trabalha com os ingredientes naturais no tratamento de doenças.

Onde nutrição e fitoterapia se encontram?

Se a fitoterapia é uma ciência que explora as características naturais de plantas, vegetais e frutas para curar doenças, é fácil de imaginar como a nutrição pode ser considerada parte importante desse processo. A nutrição é a ciência da alimentação, e explora as principais características dos produtos que fazem parte da nossa dieta diária e que ajudam a manter nosso organismo funcionando normalmente. Quando aliada à fitoterapia, a nutrição consegue dividir seus conhecimentos sobre os nutrientes e suas funcionalidades para ajudar no tratamento de várias doenças que podem ser controladas – e até mesmo curadas – com a fitoterapia.

Como posso me beneficiar da união dessas duas ciências?

A união de duas forças naturais como a fitoterapia e a nutrição permite que, cada vez mais, consigamos nos distanciar do uso de produtos químicos, sintéticos e concentrados no controle da nossa saúde, permitindo uma vida mais natural e saudável. Vale a pena reforçar, entretanto, que a fitoterapia é reconhecida pela medicina como uma ciência complementar e que, por esse motivo, deve sempre ser usada sob a orientação de um especialista e associada ao tratamento medicamentoso, se o médico julgar necessário.

Existem especialistas nesse assunto?

Com o avanço do interesse de profissionais da área da saúde na fitoterapia, cada vez mais vemos médicos, nutricionistas, farmacêuticos e vários outros especialistas dessa área procurando estudar e se especializar no uso dessa ciência no tratamento de seus pacientes. Caso você queira se beneficiar das vantagens oferecidas por essa ciência, não deixe de procurar por um profissional com certificado de especialização nessa área do conhecimento.

Você trabalha com a fitoterapia na prática da nutrição? Compartilhe sua experiência com a gente!

Deixe uma resposta