Água alcalina, o que é?

Muitos ainda desconhecem, mas hoje já existem águas alcalinas sendo comercializadas. Embora haja muitos adeptos dessa prática, ela ainda é pouco difundida. Com base em estudos e fundamentos científicos, a recomendação desse tipo de água tem crescido e seu uso é cada vez mais difundido em consultórios Brasil afora.

O que é?

A água alcalina nada mais é do que uma água que apresenta valores de pH (potência hidrogeniônico) superiores a 7. Todos os seres humanos possuem sangue em seu interior e o pH deste fica entre 7,4 (sangue arterial, rico em oxigênio) e 7,35 (sangue venoso, rico em gás carbônico). Colocando esses valores na escala de potencial hidrogeniônico pode-se afirmar que nosso sangue é levemente alcalino.

Mantendo o organismo alcalino

Ingerir água alcalina faz com que o organismo se mantenha alcalino, dessa forma o sangue irriga os tecidos e transporta os nutrientes de maneira mais eficaz do que se estivesse ácido.

O pH sanguíneo está totalmente ligado à nossa saúde, uma pequena variação deste, pode defasar todo o sistema imunológico de forma drástica, dando assim a oportunidade de bactérias, vírus e fungos que vivem em meio ácido se desenvolverem. Um pH ácido é sinônimo de pouco oxigênio.

Malefícios de um organismo ácido

Quando o pH do organismo está ácido, gorduras se aderem mais facilmente a paredes de vasos sanguíneos, a tireoide funciona de maneira ineficaz – o que resulta em problemas hormonais, há chances de desenvolvimento de câncer, bronquite, fraturas ósseas, diabetes, fibromialgias e muitos outros problemas. Infelizmente, acidificar o organismo é fácil e rápido.

Benefícios de consumir água alcalina

O consumo de água alcalina (bem como de alimentos alcalinos) é de suma importância e só traz benefícios ao organismo. Estudos comprovaram que a simples ingestão de água alcalina fortalece o sistema cardiovascular, melhora o processo digestório, potencializa o sistema respiratório, previne infecções do trato urinário e por fim, fortalece a imunidade.

É importante usar alimentação como remédio

Infelizmente, a comunidade médica prefere remediar pacientes ao invés de sugerir consultas com nutricionistas bem como a ingestão de alimentos saudáveis. Isso é algo que precisa mudar. Médicos e nutricionistas devem todos trabalhar em conjunto, assim como devem ter conhecimentos sobre alimentos e seus benefícios à saúde de todo e qualquer paciente. Um trabalho de forma multidisciplinar só tende a trazer benefícios aos profissionais da saúde bem como aos pacientes.

Gostou do texto?  Já conhecia os efeitos da água alcalina? Achou que as informações são relevantes? Comente e compartilhe!

Deixe uma resposta