Especializações na área de nutrição

Durante os quatro anos na faculdade de nutrição, os alunos têm acesso a diferentes conhecimentos. Disciplinas como anatomia, higiene alimentar e avaliação nutricional são alguns exemplos de matérias que fazem parte do currículo do curso. Os profissionais saem da faculdade preparados para orientar pacientes que buscam uma alimentação mais equilibrada e saudável. Mas existem diversas áreas que podem ser seguidas pelo nutricionista e cada uma dessas áreas exige uma especialização. Saiba mais sobre o assunto!

Nutrição: a importância da especialização

Durante a especialização, o nutricionista deve aprofundar conhecimentos que o ajudem a atuar em sua área de interesse. Quem busca se tornar um personal diet, por exemplo, precisa investir em um curso especializado no assunto. Esta é uma área que tem crescido nos últimos anos. O personal diet entra na rotina do cliente, ensina como devem ser feitas as compras para uma alimentação saudável, como os produtos devem ser guardados e como preparar refeições leves e nutritivas. É muito importante que o personal tenha a capacitação adequada, porque só assim ele apresentará o conhecimento necessário em assuntos como gastronomia e administração. São algumas as opções de cursos de pós-graduação voltados para esta área da nutrição, que incluem em seu currículo disciplinas como metabolismo aplicado à nutrição, personal diet e home care e gastronomia aplicada à personal diet.

Outra possibilidade, são os cursos adequados para quem busca se especializar em atendimento infantil. Nesse caso, o profissional deve aprofundar conhecimentos voltados à nutrição pediátrica, às principais deficiências nutricionais na infância e à avaliação nutricional em crianças. Também existem as especializações voltadas para nutricionistas que pretendem trabalhar em indústrias ou hospitais. Estes devem procurar pós-graduações voltadas para gestão da qualidade e controle da higiene dos alimentos servidos.

Há ainda a opção de fazer uma MBA na área. Se um nutricionista busca gerenciar uma equipe em um estabelecimento comercial, por exemplo, pode fazer uma MBA em gestão de restaurante, voltada para a nutrição. Disciplinas como marketing em alimentos e bebidas, gestão financeira e gestão de cardápio dão ao profissional a base necessária para atuar no setor. Também vale a pena considerar a possibilidade de escolher uma linha de pesquisa e estudar campos específicos da área durante um doutorado. O profissional pode escolher pesquisar assuntos como diagnóstico nutricional, comportamento alimentar e nutrição esportiva.

Depois da graduação em nutrição, é essencial fazer uma especialização

São inúmeros os caminhos profissionais que podem ser seguidos por quem escolhe trabalhar com nutrição: atendimento infantil, atendimento particular, área esportiva, gestão de restaurante, promoção da educação alimentar, controle de qualidade e elaboração de cardápios são alguns exemplos. Para garantir boas oportunidades na área pretendida e para ganhar reconhecimento e destaque no mercado de trabalho, é essencial que o nutricionista busque aumentar seus conhecimentos com cursos específicos.

Além disso, investir em uma boa especialização ajuda a manter o profissional atualizado nas novidades na área. Por isso, fazer uma pós-graduação, mestrado, MBA ou cursos profissionalizantes é essencial tanto para nutricionistas recém-formados quanto para quem já atua há anos na profissão.

E você, o que acha da especialização na área da nutrição? Comente sua opinião.

5 thoughts

  1. É indispensável uma especialização na área em que se pretende atuar, até porque a graduação só oferta o máximo do básico do temas de cada área, e a cada novo dia surge artigos, trabalhos de novos estudos e tudo vai se tornando quase que “antigo” pra atualidade.

Deixe uma resposta