Obesidade não é coisa de criança!

Já se sabe que o aumento da obesidade vem ocorrendo no mundo inteiro, porém, estudos recentes feitos com crianças trazem números alarmantes. Falando especificamente do Brasil, em cada três crianças, uma está acima do seu peso ideal, segundo dados do IBGE. A preocupação com esse transtorno alimentar tão cedo na vida remete a doenças que podem acompanhar a criança na vida adulta, como o diabetes, o colesterol alto e a hipertensão, além das doenças sociais como a depressão.

Como prevenir a obesidade

A primeira etapa com relação aos cuidados é identificar se há obesidade. Para isso, existem fórmulas e tabelas que permitem calcular o Índice de Massa Corpórea, assim como se faz para adultos. Quando se trata de crianças, a diferença está na intervenção da idade dos pequenos nos resultados.

IMC = peso (kg) / altura (m)²

Exemplo: IMC = 60 / 1.42 x 1.42 ( menino de 10 anos)

60 / 2,0164 = 29,75

Após fazer a conta, vamos aos resultados:

Entre as idades              Garotas         Garotas            Garotos            Garotos
                                    Sobrepeso     Obesidade       Sobrepeso       Obesidade
9                                     19,2                 21,8                 18,8                 21,5
10                                   20,2                 23,2                 19,6                 22,6
11                                   21,2                 24,6                 20,3                 23,7
12                                   22,2                 25,9                 21,1                 24,9
13                                   23,1                 27,1                 21,9                 25,9
14                                   23,9                 28,0                 22,8                 26,9
15                                   24,3                 28,5                 23,6                 27,7
16                                   24,7                 29,1                 24,4                 28,5
17                                   25,2                 29,7                 25,2                 29,3
18                                   25,6                 30,2                 25,9                  30,0

Fonte: Organização Mundial de Saúde 1995

No caso do exemplo acima, a criança estaria obesa mórbida e, assim, a partir desta soma rápida, é possível procurar um especialista e determinar a nova rotina da criança, para que ela chegue ao peso ideal e se mantenha nele.

Tratando da saúde dos pequenos

É preciso compreender que, com o passar dos tempos, a rotina das crianças mudou, assim como a dos adultos. Com a vida mais corrida, especialmente nos grandes centros, muitos alegam não ter tempo para manter uma alimentação saudável nem para si, nem para os filhos. Além disso, ainda é mais fácil encontrar redes de fast food, comidas industrializadas em grande quantidade, refrigerantes e congelados, o que dificulta a manutenção da saúde.

Outros fatores predominantes são os casos genéticos, de já haver histórico da doença na família, um fator bem mais alarmante, que pode resultar em cuidados prévios. Mas como reverter este quadro tão comum e voltar a ter uma vida saudável?

Como reverter os casos de obesidade infantil

É preciso uma mudança no estilo de vida. A alimentação terá que envolver todos os grupos de alimentos sugeridos para a manutenção da saúde, a diminuição do consumo de açucares e gorduras, além do aumento da prática de exercícios físicos condizentes com as condições infantis. Para que esse tratamento seja iniciado e seguido de forma regular e correta, é preciso consultar um especialista que indique o melhor caminho a ser seguido, como um pediatra, um endocrinologista, um nutrólogo ou um nutricionista.

É importante que os pais estimulem hábitos saudáveis nas crianças desde cedo para que elas cresçam cientes da importância de cuidar da saúde hoje para se manter sadio no futuro. É preciso prevenir e cuidar para que a criança possa crescer saudável e sem problemas que possam segui-la para a vida adulta.

Quer ver mais dicas de saúde? Então acesse nosso blog e fique por dentro!

Deixe uma resposta